Escolha uma Página

Entenda como usar o marketing digital para impulsionar o seu negócio!

Você já deve ter ouvido dizer que entender o marketing digital é algo obrigatório para quem empreende pela internet.

Mas você realmente sabe o que é marketing digital?

Apesar de ser um termo muito comum no mercado online, várias pessoas que trabalham pela internet ainda não conhecem bem esse conceito. É por isso que, neste post, vamos te explicar tudo sobre o tema.

Você entenderá as diferenças e as vantagens do marketing digital em relação ao marketing tradicional.

Depois, vamos analisar as características de todos os canais de comunicação que você pode usar na internet para fazer marketing digital: site, blog, redes sociais, e-mail marketing, anúncios e muito mais!

Além disso, vamos abordar alguns conceitos muito importantes, como CRO, marketing de busca e SEO. E, por último, vamos te mostrar como garantir que as estratégias de produção e promoção de seus produtos sejam eficientes.

Acompanhe este guia completo sobre marketing digital e torne-se um especialista neste tema agora mesmo!

Marketing digital X marketing tradicional

Para começar a entender as diferenças entre marketing digital e marketing tradicional, você precisa, antes de mais nada, entender o que é marketing.

Marketing é o conjunto de estratégias para promover uma marca ou um produto.

Sabe a propaganda que você assiste na televisão? Aquelas degustações de produto no supermercado ou aquela amostra grátis de perfume que te entregaram no shopping?

Esses são exemplos de estratégias do marketing tradicional.

O marketing digital é bem parecido com o tradicional, já que seu objetivo também é promover uma marca ou um produto. A diferença é que ele é feito na internet.

Por ser uma estratégia online, você usa ferramentas como sites, blogs, redes sociais, vídeos e aplicativos para celulares que divulguem seu negócio.

Sabe esses banners de publicidade que você vê espalhados na internet? Aquele e-mail com ofertas que você recebeu ou um ebook que você baixou de graça?

Esses são exemplos de estratégias de marketing digital.

Vantagens do marketing digital

A grande diferença do marketing digital é que, na internet, você consegue analisar as métricas de resultado das ações em tempo real. Já no marketing offline, você só consegue uma estimativa de quantas pessoas assistiram a um comercial na TV ou que viram um outdoor na rua, por exemplo.

No marketing digital é possível saber exatamente quantas pessoas clicaram em seu anúncio, quantas dessas pessoas baixaram seu ebook, quantas compraram seu produto, e por aí vai.

Com esses dados, você pode testar estratégias diferentes e até corrigir algum erro se for preciso.

Por exemplo:

Vamos supor que você enviou um e-mail marketing para sua base de leads, mas pouquíssimas pessoas abriram o e-mail. Quando você for enviar esse e-mail para novas pessoas, você pode mudar o título e ver se sua taxa de abertura aumentou.

O grande benefício desses testes é conseguir aumentar as taxas de conversão de suas ações de marketing. Essa prática é chamada de CRO, do inglês, Conversion Rate Optimization, que em português significa otimização das taxas de conversão.

Outra vantagem é que, na internet, é mais fácil segmentar suas campanhas para uma determinada faixa etária, segmentar por gênero, por interesses pessoais e várias outras características.

Isso aumenta a assertividade de suas estratégias, já que, assim, você pode direcionar suas campanhas para pessoas que têm o mesmo perfil que sua persona. Além disso, pela internet, você pode alcançar pessoas do mundo todo.

O marketing digital também é mais acessível e mais viável para empreendedores e empreendimentos de menor porte.

Por exemplo: pagar por 30 segundos de propaganda na TV pode ser bem caro, enquanto as estratégias online de publicidade normalmente custam bem menos. Às vezes, sai quase de graça!

Se você quer saber como gerar tráfego gratuito, você vai precisar usar o marketing de conteúdo, que é uma das estratégias do marketing digital.

Canais de comunicação do marketing digital

Agora que você já entendeu as vantagens do marketing digital, está na hora de saber em quais canais de comunicação você pode criar suas estratégias de divulgação.

Páginas web

As páginas web são um dos canais de comunicação mais populares na internet. Alguns exemplos são:

  • Site,
  • Blog,
  • Páginas de captura e
  • Páginas de venda.

Redes Sociais

Outro canal indispensável no marketing online são as redes sociais, como:

  • Facebook,
  • Instagram,
  • Twitter,
  • LinkedIn,
  • Pinterest e
  • YouTube.

Decidir quais dessas redes você vai usar depende muito de seu tipo de negócio.

Vídeos

Entre as redes sociais, citamos o YouTube, e isso nos leva a outra ferramenta do marketing digital: os vídeos, que são cada vez mais assistidos por quem usa a internet.

Você pode usar vídeos para oferecer conteúdos relevantes para seu público, em uma função parecida com a dos blogs. E, se quiser, você também pode fazer anúncios em vídeo.

E-mail marketing

Outro canal muito usado no marketing digital é o e-mail marketing, que consiste em enviar mensagens comerciais por e-mail.

Você já recebeu vários e-mails desse tipo, certo?

Os e-mails marketing são enviados em forma de campanha, ou seja, cada mensagem é enviada para uma lista de pessoas interessadas no que a empresa oferece.

Eles são muito úteis para construir um relacionamento de confiança entre a empresa e seu público, e podem ter várias funções diferentes:

  • Fazer a oferta de um produto;
  • Pedir doações ou assinaturas para uma causa;
  • Entregar um material educativo gratuito;
  • Enviar um conteúdo que seja útil e que ajude a empresa a criar um vínculo maior com o destinatário.

Mídias pagas

Ainda nos canais de comunicação, há também as mídias pagas, que são os anúncios online que você paga pra veicular. Há vários formatos de anúncios.

O primeiro que vamos citar aqui são os anúncios da rede de display, que são esses banners que você vê espalhados pela internet, sabe?

Outro formato é a publicidade nativa, anúncios que são exibidos como se fossem um elemento normal da página.

Por exemplo: uma matéria publicitária que é exibida em um site de conteúdo jornalístico como se fosse uma notícia comum, no meio das próprias notícias do site. Ou uma foto postada no Instagram que aparece normalmente em seu feed.

A publicidade nativa sempre vem com uma indicação de “Patrocinado”. A vantagem desse formato é fazer campanhas publicitárias sem interferir na navegação e na experiência do usuário. Além disso, com esse tipo de anúncio, você oferece um conteúdo relevante para sua persona ao mesmo tempo em que promove sua marca ou produto.

O terceiro tipo são os anúncios em vídeo, muito comuns no YouTube, por exemplo.

E o quarto e último formato é o link patrocinado, também chamado de anúncio de rede de pesquisa.

Sabe quando você procura por alguma palavra-chave no Google e os primeiros resultados são anúncios?

Então, esse é o link patrocinado. A empresa paga para aparecer em destaque sempre que alguém pesquisar por essa palavra-chave, e você pode fazer isso também para promover uma página de seu negócio.

O link patrocinado, inclusive, nos leva a um conceito do marketing digital muito importante, sem o qual nenhuma boa estratégia de marketing digital sobrevive. É o SEM, do inglês, Search Engine Marketing, que em português significa Marketing de Busca, e é sobre ele que vamos falar agora.

O que é marketing de busca?

O marketing de busca consiste em melhorar o ranqueamento de suas páginas nos buscadores, como o Google. Afinal, quanto mais bem posicionado na pesquisa, maior a probabilidade de que o usuário clique em sua página.

Uma das formas de fazer isso são os links patrocinados, dos quais acabamos de falar. Mas há uma outra forma: o SEO, do inglês, Search Engine Optimization, ou, em português, otimização para mecanismos de busca.

O SEO é um conjunto de várias técnicas usadas para melhorar o ranqueamento de suas páginas de forma orgânica, ou seja, sem pagar diretamente por um anúncio.

Você pode fazer SEO para seus vídeos no YouTube, para posts em seu blog, para seu site principal, enfim, para qualquer conteúdo seu na internet.

Como esse é um tema bem denso, vamos falar apenas alguns dos fatores para fazer suas páginas bombarem nas pesquisas, que são:

  • a qualidade do conteúdo de suas páginas,
  • o tamanho do conteúdo,
  • o título,
  • o endereço da página,
  • o uso de palavras-chave,
  • o tempo que o visitante fica em sua página,
  • o design,
  • a navegabilidade das suas páginas.

Há muitos fatores para conseguir melhorar o ranqueamento de seus conteúdo. Por isso, nosso conselho é: pesquise muito sobre SEO para usá-lo a favor de seu negócio, ok?

Pronto para fazer marketing digital?

Então, depois disso tudo, já deu pra perceber que o marketing digital é muita coisa, não é?

Mas acredite, há mais um ponto importante para você ter em mente: marketing vai muito além das estratégias de comunicação.

Toda ação que sirva para criar e entregar valor para seu público e seu nicho de mercado, ao mesmo tempo em que te gera lucro, é marketing.

Por exemplo: a criação de sua marca, o desenvolvimento de seus produtos, a precificação e a distribuição deles, um webinário que você faz para promover suas vendas, e por aí vai.

São várias as estratégias de marketing digital, o importante é começar a testá-las e dar ênfase naquelas que geram mais retorno para seu negócio.

Share This
%d blogueiros gostam disto: